Se perdendo

  • quinta-feira, junho 22, 2017
  • By Kate Mostachi
  • 3 Comments


Sabe quando você almeja muito alguma coisa, tem milhões de ideias, fica mega motivado e animado com as coisas que podem dar certo, e consequentemente cria altas expectativas? Sabe aquele momento que você fala "Agora vai!"? Aquela hora que você acredita ter uma epifania e fica ali na ansiedade de que tudo dê certo logo? Pois é. Já perdi as contas de quantas vezes tive essa sensação só neste ano. E em todas elas ocorreu um leve caso de desânimo.

Eu me perco muito fácil nas coisas. Talvez por ser desorganizada, ou ter a mania de querer guardar tudo na memória, coisa que já não deveria fazer a tempos, pois tenho aquele caso leviano de perda de memória recente. Inclusive me perdi inúmeras vezes escrevendo este post. Normal, não? 

Outro dia tive a ideia de mudar a "identidade" toda do blog, pra ficar de acordo com o canal que tenho, pois queria que tudo fosse ligado. Meu canal é inicialmente de gameplay, quem acompanha aqui deve ter notado que ultimamente só tenho repostado os vídeos de lá. Mudei. Fiz uma ilustração em 8bits e mudei o banner do blog, deixei igual ao do canal, da página do face, tudo bonitinho. Fiz até uma postagem aqui explicando que não ia virar um blog só de games, porque eu gosto de inúmeras coisas, e meu blog tem este nome, Maze Amazing, justamente por causa disso.


Aí eu me peguei na crise. Será que eu mudo o nome do canal pra ficar igual ao blog? Pra quem não sabe, o Maze Play foi criado como derivado do Maze Amazing, mas tem o "Play" justamente pra indicar games e vídeos. E porque essa crise me pegou? Sinceramente? Não sei. Talvez seja pela pressão que tenho passado de querer que tudo caminhe junto e dê certo logo. Pelo fato de querer facilitar para as pessoas quando fossem procurar algo sobre o blog ou o canal. Ou simplesmente por "toque". 

Enfim, depois de muito pensar e pedir opiniões, decidi que iria ficar do jeito que tava mesmo. Aí veio outra dúvida: Mas será que faço outro canal para os vlogs e outras coisas com o nome de Maze Amazing e deixo o Maze Play só para games? Praticamente o mesmo problema que tinha acabado de resolver surgiu instantaneamente como um dúvida nova. E aconteceu a mesma coisa com o instagram, e acontece toda vez que penso demais.

Mas porque tô falando disso agora? Porque isso me travou. Aliás sempre que tenho essas dúvidas fico travada. Não consigo produzir, fico ali só pensando no que deveria fazer e não fazendo nada. É como uma tortura psicológica, que sempre ocorre, mais frequentemente quando tenho crises de ansiedade. Não tenho controle.


Final de semana passado, assisti um filme, muito bom por sinal, com um nome um tanto peculiar: "O Centenário que fugiu pela janela e desapareceu". O filme conta a história da vida de Alan, senhor que acabou de completar 100 anos, e de como ele vai vivendo "ao acaso" sem pensar muito, apenas fazendo as coisas. Ao primeiro momento não dei nada pelo filme, mas depois dos primeiros 10 minutos de filme já tinha outro conceito sobre ele. Muito bom, recomendo. Tem no Netflix.

Essa mensagem do filme meio que ficou gravada na minha cabeça. Fazer mais e pensar menos. Não sei se é exatamente esta a mensagem do filme por sinal, mas é a que ficou na minha cabeça. Talvez pelo momento turbulento em que meus pensamentos se encontram. Mas essa tortura que faço comigo mesma não não faz sentido. Acredito que meu problema com ansiedade influencie muito nisso, mas se eu tentar relaxar um pouco a cabeça, quem sabe meu desempenho possa melhorar, e eu consiga fluir mais, não é mesmo? Preciso tentar. 

Não sei se consegui passar a mensagem que queria, mas o registro mais importante que é pra mim mesmo tá aqui. Espero não esquecer mais disso, e não me perder mais nesses pensamentos torturantes e sem motivo. Afinal, o blog tá aqui para compartilhar ideias, experiências e pensamentos. Não faz sentido eu ficar guardando só pra mim. Beijo pra quem leu e entendeu. E pra quem tem perguntas e dúvidas como eu: pense menos! Deixa aí nos comentários que a gente conversa. ;)



As fotos deste post já são antigas, ultimo ensaio fotográfico que fiz com o @nandorollim . Coloquei elas porque achei que os movimentos combinavam com a essência do texto. Hahaha. 

See ya!



You Might Also Like

3 comentários

  1. Katy,menina , seu post me definiu completa! Inclusive: Não consigo produzir, fico ali só pensando no que deveria fazer e não fazendo nada. É como uma tortura psicológica, que sempre ocorre, mais frequentemente quando tenho crises de ansiedade. Não tenho controle. Exatamente como estou agora. Amei muito o texto, não sabia desse seu dom também! Te acompanho sempre é admiro muito seu trabalho também! Não é fácil a gente criar um vídeo produzir editar e ter a sensação de que está pouco. Não sei também se você sente isso, porém da mesma forma você ARRASOU! As vezes é bom mesmo a gente por pra fora em forma de texto! Queria ter essa habilidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil neh! Tenho exatamente esta sensação Isa, e fico depressiva mtas vezes. Por pra fora ajuda mto! Vou fazer isso mais vezes e tentar não desistir! Hahaha Obgda pelo carinho sempre <3

      Excluir
    2. Nossa é super difícil, eu também faço de tudo pra não desistir! Se a gente gosta vale a pena um esforço! Mesmo com tudo tão pouco fazer o que nos gostamos e gratificante! Eu também fico assim as vezes! As vezes nem admito pra mim mas sei que estou RS, é aquela auto aceitação! E magina carinho por você é o que mais tem! Admiro muito sua personalidade, seu canal, seu blog, tudo! Conte comigo se precisar!! Boa sexta! \o/

      Excluir